• Caramulo
  • Sportnatura
  • Caramulo 2

 

Árvores da Serra do Caramulo

Bétula com cores de Outono

Floresta de Bétulas

Flor de Mimosa (Acacia dealbata)

Salgueiro-negro (Salix atrocinerea)

A Mimosa é uma árvore originária do Sudeste da Austrália e da Tasmânia. Foi introduzida em Portugal no século XIX para fixação dos solos no litoral mas tornou-se rapidamente numa espécie invasora de Norte a Sul do País.
O período da sua floração é de Janeiro a Março. As suas flores amarelas, como as que podemos ver na foto, deixam um agradável aroma no ar muito característico deste período.
Por não ser uma espécie autóctone e por ser resistente a todos os tipos de solos e climas, o seu rápido crescimento impede o desenvolvimento de espécies de árvores locais.
Com a Primavera, muitas espécies de árvores e arbustos iniciam a sua floração, tal como este Salgueiro-negro, permitindo que muitos insectos se alimentem do pólen.
O Salgueiro-negro, também conhecido como Borrazeiro-preto ou Vimeiro-preto, tem o seu período de floração entre os meses de Fevereiro e Março. Sendo uma planta dióica, ou seja, plantas com flores femininas separadas das plantas com flores masculinas, necessita dos insectos para fazer a polinização.

Floresta da Penoita

Neve na Serra do Caramulo

  Resultado de mais um nevão na Serra do Caramulo. Embora pouco comum nestas paragens, este manto branco já é a terceira vez que nos presenteia no espaço de 2 meses.

Cogumelos Serra do Caramulo

Agário-das-moscas (Amanita Muscaria)

 

Cogumelo

 Fungo

Plantas Serra Caramulo

Açafrão-bravo (Crocus serotinus)

 

Bico-de-cegonha (Erodium cicutarium)

Borboletas - Euphydryas aurinia

Esta planta herbácea também conhecida como Bico-de-cegonha, é uma das primeiras a colorir os campos com as suas flores.
É uma planta comum no Norte de Portugal, sendo frequente encontrá-la em campos agrícolas. Inicia a sua floração em Fevereiro e dura até Agosto.
 

Camomila-vulgar (Matricaria recutita)

Campainhas-do-monte (Narcissus bulbocodium)

A camomila-vulgar, também conhecida como matricária ou camomila-alemã, é uma planta herbácea que inicia a sua floração nos meses de Janeiro e Fevereiro e dura até ao final do Verão.
É comum encontrá-la nos campos agrícolas deixando um aroma doce no ar.
Entre outras coisas esta planta pode ser usada em medicina, aromaterapia, estética e ornamentação. Por exemplo, as flores da camomila devido à sua acção anti-inflamatória podem ser usadas no tratamento de queimadoras solares, cólicas, conjuntivite, insónia, diarreia, etc.
Planta bolbosa que inicia a sua floração em Dezembro e dura até finais da Primavera. Também é conhecida como Campainhas-amarelas, Cucos ou Narciso-de-cebola-lanuda. É comum encontrar-las em campos agrícolas incultos e nas margens de cursos de água.
Cada planta apenas gera uma única flor mas é comum encontrar-las em grupos de 3 ou 4.

Dente-de-leão (Taraxacum)

Erva-pombinha (Aquilegia vulgaris)

O Dente-de-leão, que também é conhecido como Quartilho, O-teu-pai-é-careca ou Chicória-silvestre entre outras, é uma planta que pode ser encontrada em terrenos incultos durante grande parte do ano.
Tem várias propriedades medicinais entre as quais se destaca diurética, hipoglicêmica, laxante suave ou mesmo anticolesterol.
Planta herbácea e perene que tem a sua floração nos meses Maio e Junho. É conhecida como Erva-pombinha ou Luvas de Nossa Senhora.
Tem propriedades medicinais, o seu chá pode ser usado no tratamento de Anemia.

Flor Silvestre

Orquídea (Dactylorhiza elata Iberica)

   Uma das muitas orquídeas que se pode encontrar a colorir os prados da Serra do Caramulo nesta altura do ano.

Jacinto-dos-campos (Scilla monophyllos)

 
 Planta bolbosa também conhecida como Cebola-albarrã ou Cila-de-uma-folha, tem o seu período de floração entre os meses de Fevereiro e Junho. É comum encontrá-la em clareiras de pinhais ou matagais. Uma das suas características é apenas ter uma única folha.  

Loendro (Rhododentron Ponticumm)

 Urze (Calluna vulgaris)

O Loendro é um arbusto que pode ser encontrado na Reserva Botânica de Cambarinho, Concelho de Vouzela.
Tem a sua floração apenas nos meses de Maio e Junho, enchendo os montes com a sua cor.
Dada a sua importancia, através do decreto-lei nº. 364/71 de 25 de Agosto, foi criada a Reserva Botânica de Cambarinho com o objectivo de proteger o Loendro.

 

Orvalho

 Pampilho-das-searas (Chrysanthemum segetum)

  Planta herbácea comum em terrenos cultivados, tendo a sua época de floração entre Março e Abril. A Pampilho-das-searas, também conhecida como Malmequer-bravo ou Erva-mijona pode ser encontrada durante a Primavera a encher os campos de amarelo vivo.

 

Powered by Metadata